A Copa América é um dos eventos mais importantes para o futebol sul-americano. O torneio reúne as melhores seleções do continente em busca do título de campeão. Em 2016, a competição será realizada nos Estados Unidos e promete ser uma das mais acirradas dos últimos tempos. Chile e Argentina surgem como favoritos e disputam o posto de melhor seleção da América do Sul.

O Chile chega à competição como campeão da edição passada, em 2015. A equipe de Claudio Bravo fez uma campanha impecável e conquistou o primeiro título de sua história. Com um futebol consistente e organizado, o Chile espera repetir o sucesso nesta edição da Copa América. Jogadores como Alexis Sánchez e Arturo Vidal são as principais referências da seleção.

Já a Argentina chega com a moral elevada. A equipe de Lionel Messi chegou à final da Copa América de 2015, mas perdeu para o Chile na disputa por pênaltis. Agora, Messi e companhia querem dar o troco e conquistar o título que escapou no ano passado. A seleção argentina é repleta de craques, como Sergio Agüero, Gonzalo Higuaín e Angel Di María.

Além de Chile e Argentina, outras seleções também têm boas chances de conquistar a Copa América. Brasil, Uruguai e Colômbia são algumas das equipes com tradição no futebol sul-americano e que podem surpreender na competição. No entanto, Chile e Argentina aparecem como favoritos e prometem fazer um grande duelo na final.

Se por um lado, o técnico Jorge Sampaoli conta com a base campeã no ano passado, o comandante da Argentina, Gerardo Martino, aposta em um time recheado de estrelas para vencer a competição. Independente da escolha, o fato é que o torneio será disputado em um nível técnico altíssimo e promete ser emocionante até o apito final.

Em resumo, a Copa América de 2016 promete ser uma competição memorável para o futebol sul-americano. Chile e Argentina surgem como favoritos, mas outras seleções também podem surpreender. O que importa é que os torcedores sejam brindados com grandes jogos e muita emoção. Resta esperar e conferir quem levantará a taça da competição mais tradicional do continente.